Publicidade

Crise Yanomami: comissão ouve representantes do Executivo na 4ª e 5ª

Após polêmica audiência com representantes do garimpo, colegiado segue ouvindo envolvidos

Crise Yanomami: comissão ouve representantes do Executivo na 4ª e 5ª
Crise Yanomami: Comissão ouve representantes do Executivo na 4ª e 5ª
Publicidade

Após três audiências públicas com objetivo de averiguar a crise Yanomami, a comissão temporária externa do Senado dá continuidade aos trabalhos nesta 4ª (29.mar), às 8 horas, e 5ª feira (30.mar), às 9, para saber o posicionamento do Poder Executivo federal sobre as causas e as possíveis soluções de curto, médio e longo prazo para a crise.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A audiência de quarta-feira deve ter a presença da presidente da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), Joenia Wapichana; do secretário especial de Saúde Indígena, do ministério da Saúde, Ricardo Weibe Nascimento Costa; do pesquisador da Escola Nacional de Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Paulo Cesar Basta, entre outros.

Já para quinta-feira foram convidados para a reunião representantes dos ministérios de Minas e Energia e do Meio Ambiente e Mudança do Clima, além de dirigentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). 

O prazo de funcionamento do colegiado é de 120 dias. Criada inicialmente com cinco membros, a Comissão Temporária sobre a Situação dos Yanomami teve o número de integrantes aumentado para oito, conforme requerimento aprovado em Plenário. O senador Chico Rodrigues (PSB-RR) é o presidente e o senador Dr. Hiran (PP-RR), o relator.

Polêmica

Na semana passada, o colegiado convidou representantes do garimpo para comparecerem à audiência pública, o que gerou um mandado de segurança impetrado no Supermo Tribunal Federal (STF) pela suspensão da audiência. O pedido foi feito pela Urihi, rede que se apresenta como representante dos Yanomami.

Segundo a entidade, a comissão estava fugindo da finalidade ao ouvir garimpeiros.

"A comissão tem que ouvir o que realmente aconteceu na terra indígena... mortes, investigar, entendeu? Por que que não chegou a ajuda? Por que que não compraram medicamento? Por que que não teve operação para retirada dos garimpeiros, né?", argumentou o presidente da Associação Urihi Yanomami, Júnior Hekurari Yanomami.

Ainda, no mandado de segurança, a Urihi chegou entender que ouvir os garimpeiros seria como ouvir traficantes em uma audiência sobre combate às drogas.

"A situação posta pode analogicamente ser representada no cenário de criação de uma comissão para combater o tráfico de drogas e fazer uma audiência pública com os traficantes", aponta o documento.

No entanto, o ministro do STF Edson Fachin não atendeu ao pedido de suspensão, e a comissão ouviu os garimpeiros na audiência.

+ Presidente do Sindicato dos Metroviários recebe ameaças de morte após greve

+ Ministro de Minas e Energia diz que privatização da Eletrobras foi injusta

+ Fim de ataques em escolas passa por investimentos e mudança cultural

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbt
sbt news
yanomami
garimpo
senado
israel-de-carvalho

Últimas notícias

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Inscrições poderão ser feitas a partir de segunda (15) e vão até 26 de julho, via site da Cebraspe (banca selecionada para o exame)
Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

A vítima, Raquel Schwab, bateu a cabeça no chão e chegou a desmaiar; veja o vídeo
Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Antes da aprovação do primeiro projeto de regulamentação, Haddad disse, na última terça (9), que isenção de carne poderia elevar alíquota em 0,53%
Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Defesa do influenciador confirmou a prisão disse que "inocência dos investigados será provada em momento oportuno"
Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

O local, na Austrália, repercutiu mundialmente e enganou "especialistas em artes", em um grito de liberdade feminina
Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Ao todo, 4,48 milhões de hectares foram queimados entre janeiro e junho deste ano
Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Dos 32 países, apenas Estados Unidos, Noruega, Bélgica, Finlândia, França e Montenegro têm mulheres como representantes permanentes da organização
Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Aeronave estava sem passageiros porque havia acabado de passar por reparos
Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

O ex-presidente-executivo chegou a ser preso na Espanha, onde tem cidadania, por um dia; Brasil pode pedir ao país europeu que ele seja julgado lá
Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Segundo o ministro da Fazenda, oposição "protofascista" atua nas redes sociais para "minar" as instituições e o estado brasileiro
Publicidade
Publicidade