Publicidade

Venezuelanos com crianças são resgatados em condição análoga à escravidão

Grupo trabalhava na construção de alojamentos em Santa Catarina. Eles viviam sem cozinha e camas

Venezuelanos com crianças são resgatados em condição análoga à escravidão
Publicidade

Um grupo de 24 venezuelanos, incluindo crianças e bebês, foi resgatado de condições análoga à escravidão, em Rio do Sul, em Santa Catarina, na 5ª feira (9.fev). A operação foi feita pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Ninguém foi preso. 

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Os trabalhadores, segundo o órgão, trabalhavam em atividades de construção de alojamento e de galpões. As vítimas residiam nas cidades de Chapecó e Itapiranga, quando tiveram conhecimento da oferta de emprego por meio de publicação em uma rede social, em página direcionada exclusivamente para venezuelanos. Na proposta, o empregador oferecia vagas de emprego com salário de até R$ 3.000,00 mensais para venezuelanos refugiados no Brasil, com moradia e alimentação fornecidos pela empresa.

Segundo o coordenador da operação, o auditor-fiscal do trabalho Joel Darcie, os venezuelanos estavam na mais completa informalidade. "Ao chegarem na empresa, os trabalhadores foram instalados em cômodos improvisados, sem camas e banheiro. Eles residiam no local improvisado por uma semana, enquanto trabalhavam na construção do alojamento. Em um dos cômodos do alojamento, a equipe encontrou dois bebês com quatro dias de vida, filhos gêmeos de um dos trabalhadores. Não foi realizado o registro da carteira de trabalho de nenhum dos empregados".

Ainda segundo o GEFM, a operação, que teve ínicio no dia 7 de fevereiro, resgatou ao todo 39 pessoas, sendo trabalhadores, acompanhados de suas famílias, inclusive crianças e uma mulher grávida de gêmeos. Todos foram retirados do alojamento e levados para hotéis

Após notificação da Inspeção do Trabalho, as vítimas foram retirados do alojamento, levadas para hotéis na região. Os contratos de trabalho foram rescindidos e a empresa efetuou o pagamento dos direitos trabalhistas devidos aos trabalhadores no valor de 240 mil reais. Também houve pagamento de indenização a título de danos morais individuais a cada um deles, estipulados pela Defensoria Pública da União e pelo MPT. O grupo também terá direito a três parcelas do seguro-desemprego especial, no valor de um salário-mínimo cada.

A assistência social do município de Rio do Sul está auxiliando na procura de moradia para os trabalhadores que optaram por continuar na cidade.

Resgates

Em 2022 foram encontrados pela Inspeção do Trabalho 58 trabalhadores que estavam sendo explorados em condições de escravidão contemporânea em Santa Catarina. Apenas nas operações do início deste ano, já foram resgatados quase metade de todo esse número.

No ano passado, Santa Catarina ficou em 10º lugar no ranking nacional em número de trabalhadores resgatados (58) e em 20º lugar em número de ações de combate ao trabalho escravo realizadas (4).

Em relação ao perfil social das pessoas resgatadas de escravidão contemporânea em Santa Catarina em 2022, dados do seguro-desemprego do trabalhador resgatado mostram que 83% eram homens; 33% tinham entre 18 a 24 anos; 68% residiam na região nordeste; 77% eram naturais da região nordeste e 85% se autodeclararam negros ou pardos, 12% brancos, 2% de raça amarela e 2% como Indígena.

Quanto ao grau de instrução, 53% declararam ter estudado até o 5º ano incompleto e 15% haviam cursado o ensino médio completo.

As atividades econômicas onde mais houve exploração de mão-de-obra em condição análoga à de escravo em Santa Catarina em 2022, quanto ao número de resgatados, foram o cultivo de maçã (46) e outras atividades de serviços pessoais (12).

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbtnews
portalnews
trabalho
escravidão contemporânea
santa catarina
resgate
venezuelanos
policia
brasil

Últimas notícias

Laudo diz que mulher acusada de envenenar parentes tinha “total consciência” de atos

Laudo diz que mulher acusada de envenenar parentes tinha “total consciência” de atos

Amanda Partata ofereceu alimentos envenenados a quatro pessoas e duas morreram; crime foi registrado em Goiânia, em dezembro do ano passado
Boulos recebe dois milhões de interações nas redes, ganhando de Tabata e Nunes

Boulos recebe dois milhões de interações nas redes, ganhando de Tabata e Nunes

No intervalo de 30 dias, o prefeito de São Paulo conseguiu 170 mil interações; militância de Bolsonaro ainda não aderiu a Nunes
FALSO: É falso que Lula tenha inaugurado obra da transposição do São Francisco já inaugurada por Bolsonaro

FALSO: É falso que Lula tenha inaugurado obra da transposição do São Francisco já inaugurada por Bolsonaro

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mega-Sena acumula pela oitava vez e prêmio vai a R$ 72 milhões

Mega-Sena acumula pela oitava vez e prêmio vai a R$ 72 milhões

Apostas para o próximo concurso podem ser feitas até as 19h00 de quinta-feira (18)
Greve em universidades: governo espera chegar a acordo com professores na sexta-feira (19)

Greve em universidades: governo espera chegar a acordo com professores na sexta-feira (19)

Categoria reivindica reestruturação de carreira e recomposição salarial
Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Pagodeiro "proibidão" era "empresário" dos negócios ligados ao PCC, diz MP

Latrell Brito usava empresas dele e de laranjas para simular concorrência em contratações de prefeituras alvos da Operação Munditia
Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Brasil Agora: Lula na Colômbia, PEC antidrogas e cadáver em agência bancária

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (16)
Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Tribunal define primeiros jurados para julgamento de Trump em NY

Ex-presidente dos EUA é acusado de subornar atriz pornô durante período eleitoral; júri será composto por 12 pessoas
Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Musk x Moraes: STF autoriza depoimentos de representantes do X no Brasil

Decisão faz parte do inquérito que investiga empresário por suposta obstrução de Justiça e incitação ao crime
+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 173 milhões nesta quarta-feira (17)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Publicidade
Publicidade