Publicidade

Venezuela encerra referendo sobre anexação de região da Guiana; entenda o que está em jogo

Disputa pelo território atravessa séculos, mas ganhou contornos mais drásticos após descoberta de petróleo

Venezuela encerra referendo sobre anexação de região da Guiana; entenda o que está em jogo
nicolas maduro
Publicidade

Neste domingo (3.dez) foi realizado referendo na Venezuela sobre a província de Essequibo, território administrado pela Guiana e reivindicado pelo país comandado por Nicolás Maduro desde 1841.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Os venezuelanos responderam cinco perguntas na consulta pública, cujo resultado deve ser divulgado na 2ª feira (4.dez). O objetivo é saber se a população apoia a anexação do território. 

Mas que território é esse?
Essequibo é um território de aproximadamente 159 mil quilômetros quadrados, o que equivale a pouco mais que o estado do Ceará. Ele fica entre a Venezuela e a Guiana. Rica em minerais como ouro, cobre e diamante, a região pertenceu à Venezuela no passado. 

Em 1811, quando a Venezuela tornou-se independente, o território estava dentro de suas fronteiras. Porém, três anos depois, o Reino Unido comprou a então Guiana Inglesa. O tratado de venda não definiu com precisão a fronteira do país. Então, em 1840, o Reino Unido definiu uma nova fronteira da colônia, incluindo Essequibo. 

O embate teve diversos episódios até que em 1.899 foi emitida a Sentença Arbitral de Paris, que decidiu de forma favorável ao Reino Unido. Mais de 50 anos depois, em 1949, tornaram-se públicos documentos que demonstraram que a decisão contra a Venezuela teria sido imparcial. 

Já em 1966, o Reino Unido assinou o Acordo de Genebra, reconhecendo a reivindicação da Venezuela. No documento, o país se comprometeu a buscar solução para dar fim à disputa. 

E o que está acontecendo agora?

Em 2015, foi descoberto petróleo na região. A estimativa é de que as reservas contenham 11 bilhões de barris. A novidade reacendeu a disputa com a Venezuela, onde Nicolás Maduro passou a defender a anexação do território. 

Como o mundo enxerga a disputa?

A Corte Internacional de Justiça decidiu na última 6ª feira (1.dez) que a Venezuela não pode anexar a região. A Corte ordenou que a Venezuela "se abstenha de qualquer ação que altere a situação que prevalece no território disputado, que é a de que a Guiana administra e exerce controle sobre a área". 

Qual o risco de um conflito para o Brasil?
Guiana, Venezuela e o território de Essequibo fazem fronteira com o Brasil, que enviou tropas para a região. 

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, durante uma coletiva de imprensa neste domingo (3.dez) em Dubai, onde participou da COP-28, que espera bom senso na mais recente tensão criada na América do Sul, envolvendo a Venezuela e a Guiana.

"Se tem uma coisa que a América do Sul não está precisando agora é de confusão. Se tem uma coisa que precisamos para crescer e melhorar a vida do nosso povo é a gente baixar o facho, trabalhar com muita disposição de melhorar a vida do povo e não ficar pensando em briga. Não ficar inventando história. Espero que o bom senso prevaleça do lado da Venezuela e do lado da Guiana", afirmou Lula.

Quais foram as perguntas do referendo?

Os venezuelanos que participaram do referendo responderam os seguintes itens:

Você rejeita a fronteira atual?
Você apoia o Acordo de Genebra de 1966?
Você concorda com a posição da Venezuela de não reconhecer a jurisdição da Corte Internacional de Justiça (veja mais sobre essa questão abaixo)?
Você discorda de a Guiana usar uma região marítima sobre a qual não há limites estabelecidos?
Você concorda com a criação do estado Guiana Essequiba e com a criação de um plano de atenção à população desse território que inclua a concessão de cidadania venezuelana, incorporando esse estado ao mapa do território venezuelano?
 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
portal news
sbtnews
sbt news
noticias
venezuela
guiana
essequibo
referendo
maduro
gabriella furquim
petróleo

Últimas notícias

Machado de Assis: após 'Brás Cubas' viralizar com tiktoker, conheça outros livros do escritor

Machado de Assis: após 'Brás Cubas' viralizar com tiktoker, conheça outros livros do escritor

Livro do "defunto-autor" é o mais vendido na Amazon americana na categoria Literatura Caribenha e Latino-Americana
MG: Ex-paciente e stalker de médico tem pedido de liberdade negado

MG: Ex-paciente e stalker de médico tem pedido de liberdade negado

Kawara Welch teria enviado 1,3 mil mensagens e feito 500 ligações telefônicas para a vítima
Médico nega atestado para mãe que precisa cuidar do filho doente

Médico nega atestado para mãe que precisa cuidar do filho doente

Profissional estava na lista de pediatras de unidade, mas não tem a especialidade; mulher afirma que fará um boletim de ocorrência
Lula recebe presidente do Benim em visita oficial no Palácio do Planalto nesta quinta (23)

Lula recebe presidente do Benim em visita oficial no Palácio do Planalto nesta quinta (23)

Presidentes vão tratar da relação comercial entre os dois países e celebrar reabertura da embaixada do país africano no Brasil
VÍDEO: Mariachis e “engolidor de fogo” brigam no meio da rua

VÍDEO: Mariachis e “engolidor de fogo” brigam no meio da rua

Confusão foi registrada no México; artistas estariam disputando espaço para apresentações
Haddad: "Queremos que a economia do RS volte e se recupere o mais rapidamente possível"

Haddad: "Queremos que a economia do RS volte e se recupere o mais rapidamente possível"

Ministro da Fazenda agradeceu ao Congresso por pactuar com projetos para a recuperação do estado na crise climática
Peixe de 100 quilos é encontrado morto na Praia da Boa Viagem, em Niterói

Peixe de 100 quilos é encontrado morto na Praia da Boa Viagem, em Niterói

O animal é da espécie Cherne e foi carregado por garis em uma maca improvisada; veja o vídeo
Anatel confirma criação de novo sistema de alerta de emergências até dezembro para Sul e Sudeste

Anatel confirma criação de novo sistema de alerta de emergências até dezembro para Sul e Sudeste

Atualmente em fase de testes pela Defesa Civil, procedimento deve começar a funcionar justamente quando chuvas de verão atingem regiões
Ex-jogador de beisebol é preso após marcar encontro com adolescente

Ex-jogador de beisebol é preso após marcar encontro com adolescente

Austin Maddox foi flagrado pela polícia quando chegava na casa da suposta vítima, na Flórida (EUA)
Boi fica preso em telhado após pular cerca de pasto em Santa Catarina

Boi fica preso em telhado após pular cerca de pasto em Santa Catarina

Animal ficou suspenso em cima de uma garagem e precisou ser resgatado; queda aconteceu porque local ficava abaixo do pasto
Publicidade
Publicidade