Publicidade

SP: Justiça suspende liminar que obrigava policiais da Operação Escudo a usarem câmeras corporais

Decisão foi de Ricardo Anafe, presidente do Tribunal de Justiça de SP, que acatou recurso do governo do estado

SP: Justiça suspende liminar que obrigava policiais da Operação Escudo a usarem câmeras corporais
policial com camera corporal
Publicidade

A Justiça de São Paulo suspendeu a liminar que determinava que policiais que participam da Operação Escudo, na Baixada Santista (SP), deveriam usar câmeras corporais. A liminar, que atendia a um pedido da Defensoria Pública do estado e do Ministério Público (MPSP), havia sido concedida na 6ª feira (22.set) e acabou derrubada no mesmo dia.

Na decisão, o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), Ricardo Anafe, argumentou que a determinação impediria os policiais que não estejam com câmeras a atuar na operação. Isso, segundo Anafe, causaria "lesão de difícil reparação à ordem, à economia e na segurança pública".

O presidente do TJ-SP acatou um recurso do governo do estado de São Paulo. A Secretaria de Segurança Pública afirmou ao SBT News que tomou conhecimento da decisão e reforçou que "trabalha dentro dos limites da lei e obedece a todas as determinações judiciais assim que notificada oficialmente".

Procurados pela reportagem, a Defensoria Pública e o Ministério Público do estado afirmaram que não vão se manifestar, pois o processo tramita em segredo de Justiça.

O que dizia a liminar que determinava o uso de câmeras corporais?

A liminar, em decisão do juiz Renato Augusto Pereira Maia, acatou um pedido da Defensoria Pública e da ONG Conecta Direitos Humanos e determinou que todos os policiais que participam da Operação Escudo deveriam usar câmeras corporais. Muitas das versões apresentadas pelos agentes durante as ações no litoral paulista, que até o momento deixaram 28 pessoas mortas em supostos confrontos, são contestadas por familiares e amigos das vítimas.

A liminar também determinava que o estado fosse obrigado a aplicar dispositivos que assegurassem o funcionamento correto das bodycams, sendo o policial obrigado pelo carregamento da bateria do aparelho durante a atuação. 

Caso algum policial estivesse sem o equipamento, a decisão impunha "pena de responsabilidade administrativa, civil e criminal daqueles que atuarem sem câmeras, ou câmeras desligadas, devendo o Estado enviar ao Ministério Público, órgão correcional da polícia, informação daqueles que descumprirem à ordem".

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
sbt
noticias
policia
brasil
são paulo
operação escudo
baixada
baixada santista
justiça
liminar
suspende
derruba
câmeras
corporais
bodycams
militar
defensoria pública
ministerio público
policiais
governo
estado

Últimas notícias

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Itamaraty lança edital para concurso de diplomata; são 50 vagas com salário inicial em R$ 21 mil

Inscrições poderão ser feitas a partir de segunda (15) e vão até 26 de julho, via site da Cebraspe (banca selecionada para o exame)
Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

Câmera de segurança registra momento em que diretora de curso é arrastada por carro no RJ

A vítima, Raquel Schwab, bateu a cabeça no chão e chegou a desmaiar; veja o vídeo
Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Atribuir aumento de alíquota à carne é "conversa fiada", diz deputado que relatou reforma tributária

Antes da aprovação do primeiro projeto de regulamentação, Haddad disse, na última terça (9), que isenção de carne poderia elevar alíquota em 0,53%
Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Nego Di e mulher são alvos de operação por suspeita de lavagem de R$ 2 mi em rifas virtuais

Defesa do influenciador confirmou a prisão disse que "inocência dos investigados será provada em momento oportuno"
Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

Ladies Lounge: a história do museu exclusivo para mulheres que exibiu quadro falso de Picasso no banheiro

O local, na Austrália, repercutiu mundialmente e enganou "especialistas em artes", em um grito de liberdade feminina
Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Brasil registrou aumento de 119% de áreas atingidas pelo fogo no primeiro semestre de 2024, diz MapBiomas

Ao todo, 4,48 milhões de hectares foram queimados entre janeiro e junho deste ano
Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Mulheres em cargos de liderança na OTAN: “temos que melhorar isso”, diz porta-voz americano

Dos 32 países, apenas Estados Unidos, Noruega, Bélgica, Finlândia, França e Montenegro têm mulheres como representantes permanentes da organização
Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Avião russo cai perto de Moscou e mata três tripulantes

Aeronave estava sem passageiros porque havia acabado de passar por reparos
Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

Ministério Público Federal pede extradição de Miguel Gutierrez, ex-CEO das Americanas

O ex-presidente-executivo chegou a ser preso na Espanha, onde tem cidadania, por um dia; Brasil pode pedir ao país europeu que ele seja julgado lá
Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Haddad atrela má avaliação da economia à desinformação: "temos um desafio de comunicação"

Segundo o ministro da Fazenda, oposição "protofascista" atua nas redes sociais para "minar" as instituições e o estado brasileiro
Publicidade
Publicidade