Publicidade

Parlamento russo ameaça confiscar bens de moradores que deixaram país

Presidente da Casa condenou cidadãos que difamam imagem de Moscou ao criticarem guerra na Ucrânia

Parlamento russo ameaça confiscar bens de moradores que deixaram país
Declaração foi dada pelo presidente do Parlamento russo, Vyacheslav Volodin | Wikimedia Commons
Publicidade

O presidente do Parlamento russo, Vyacheslav Volodin, ameaçou confiscar os bens dos cidadãos que deixaram o país. Em publicação nesta 6ª feira (13.jan), o político defendeu que seria correto acrescentar a medida no Código Penal para punir aqueles que "difamam publicamente" a imagem de Moscou em outras nações.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Alguns dos nossos cidadãos consideram possível insultar a Rússia, os seus residentes, soldados e oficiais, apoiar abertamente vilões, nazis e assassinos. Seu objetivo é claro: obter favores e tentar preservar seu bem-estar no exterior, onde vivem confortavelmente", afirmou Volodin, referindo-se aos russos que criticam a invasão na Ucrânia.

O político defendeu que as declarações contra o país podem ser consideradas crimes de "apelo ao extremismo, de reabilitação do nazismo ou de desacreditação das Forças Armadas". A divulgação de informações consideradas falsas por Moscou sobre a chamada "operação especial na Ucrânia" também pode resultar em até 15 anos de prisão. 

"Os que partiram vivem confortavelmente graças ao nosso país. No exterior, eles alugam imóveis e continuam recebendo taxas às custas dos cidadãos russos. Ao mesmo tempo, eles derramam lama publicamente sobre a Rússia, insultando nossos soldados e oficiais. Sentem impunidade, acreditando que a justiça não os alcançará", disse Volodin.

+ Busca por controle de Soledar intensifica confronte entre Rússia e Ucrânia

A invasão na Ucrânia causou a fuga de milhões de russos, uma vez que o governo aumentou a restrição contra discursos e manifestações. O ápice de saídas, no entanto, foi após o anúncio de mobilização militar parcial, fazendo com que mais de 10 mil homens cruzassem a fronteira para não serem recrutados para a guerra.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
guerra-na-ucrania
parlamento russo
ameaça
confiscar
bens
cidadaos
deixaram
russia
criticas
governo
soldados
vyacheslav volodin

Últimas notícias

Fila de espera no INSS para concessão de benefícios cai em 2024, diz relatório da Previdência Social

Fila de espera no INSS para concessão de benefícios cai em 2024, diz relatório da Previdência Social

Ao todo, os processos a espera de resposta inicial somam quase 1 milhão e 400, diminuição de 600 mil em relação a 2023
Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Mega-Sena acumula e chega a R$ 53 milhões; veja os números sorteados

Quina teve 67 apostas ganhadoras, que vão receber mais de R$ 52 mil cada
Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Vídeo: homem morre e bebê é baleado em tiroteio em praça de Fortaleza

Imagens mostram correria no local; estado de saúde da criança é grave
Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Produção de cinema na Argentina está praticamente paralisada

Trabalhadores da área acusam Javier Milei de ter um plano para prejudicar o setor
Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

Divertida Mente 2: saiba tudo sobre o filme que chega aos cinemas na quinta-feira (20)

SBT Brasil visitou os estúdios da Pixar, em Los Angeles, para mostrar como a continuação foi produzida
Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Verão fora de época preocupa lojistas que contam com a venda de roupas de frio

Último inverno rigoroso que garantiu boas vendas foi em 2022. No ano passado, houve queda de 20%
Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Pré-candidata a vereadora e filho são mortos a tiros no RJ

Juliana Silva, conhecida como Nega Juh, foi morta em Nova Iguaçu, na noite deste sábado (15)
Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Número de acidentes em estradas federais tem aumentado

Só no ano passado, foram mais de 65 mil casos, três mil a mais do que em 2022
Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Novos temporais ameaçam a região metropolitana de Porto Alegre

Marinha montou base de operações na região das ilhas de Porto Alegre para auxiliar rapidamente a população
Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Caso Marielle: defesas pedem ao STF rejeição de denúncia e atacam falta de provas e delação inválida

Ministros da 1ª Turma decidem na terça (18) se irmãos Brazão, delegado do Rio e dois ligados à milícia do Rio sentam no banco dos réus como mandantes do crime
Publicidade
Publicidade