Publicidade

Embaixada do Brasil deixa Kiev e se desloca para fronteira com a Polônia

Medida foi tomada por questão de segurança após aumento dos ataques russos

Embaixada do Brasil deixa Kiev e se desloca para fronteira com a Polônia
Mais de 100 brasileiros já deixaram a Ucrânia | Reprodução/Embaixada do Brasil em Kiev
Publicidade

Diante da piora na intensidade dos ataques da Rússia à capital do país ucraniano, o embaixador brasileiro na Ucrânia, Norton de Andrade Mello Rapesta, informou que ele e toda a equipe optaram por deixar a região de Kiev por questões de segurança.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Norton de Andrade destacou, porém, que permanecerá no país ucraniano até que todos os brasileiros sejam retirados da Ucrânia, se assim for a vontade destes.

Conforme informado pelo Itamaraty, as atividades da embaixada serão transferidas para as regiões de Lviv e Chisinau, na capital da Moldávia. Outros dois postos de atendimento consular serão abertos também nessas cidades.

Até o presente momento, mais de 100 brasileiros já conseguiram sair da Ucrânia. Ainda de acordo com alerta feito pela embaixada do Brasil em Kiev, todos aqueles que ainda estiverem na capital devem deixar o local o quanto antes.


Veja também:

+ Para Kátia Abreu, Brasil não pode hesitar no pedido de cessar fogo na Ucrânia
+ Após invasão russa, especialista comenta riscos em torno de Chernobyl
+ Procurador-geral russo determina fechamento de dois canais independentes

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
ucrânia
rússia
brasil
kiev
lviv
chisinau
moldávia
norton de andrade mello rapesta
embaixada

Últimas notícias

Governo confirma foco da doença de Newcastle em granja no Rio Grande do Sul

Governo confirma foco da doença de Newcastle em granja no Rio Grande do Sul

Enfermidade viral causa sinais respiratórios e edema na cabeça das aves; último caso no Brasil ocorreu em 2006
Prazo para inscrições no Concurso Unificado da Justiça Eleitoral termina nesta quinta-feira (18)

Prazo para inscrições no Concurso Unificado da Justiça Eleitoral termina nesta quinta-feira (18)

Processo seletivo oferta 412 vagas de analista e técnico judiciário em tribunais eleitorais do país
Dior e Armani são investigadas por explorar trabalhadores em fábricas na Itália

Dior e Armani são investigadas por explorar trabalhadores em fábricas na Itália

Marcas negaram irregularidades, mas disseram que colaborarão com as apurações
MEC divulga edital do Prouni referente ao segundo semestre de 2024; veja cronograma

MEC divulga edital do Prouni referente ao segundo semestre de 2024; veja cronograma

Programa ofertará mais de 243 mil bolsas em universidade privadas do país
EUA: vice de Trump aceita formalmente nomeação para chapa do Partido Republicano

EUA: vice de Trump aceita formalmente nomeação para chapa do Partido Republicano

Em discurso, JD Vance expressou gratidão ao ex-presidente pela indicação e fez críticas à administração Biden
SBT News na TV: Ramagem presta depoimento à PF sobre "Abin paralela"

SBT News na TV: Ramagem presta depoimento à PF sobre "Abin paralela"

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quinta-feira (18); assista!
Caixa inicia pagamentos do Bolsa Família de julho; veja quem recebe

Caixa inicia pagamentos do Bolsa Família de julho; veja quem recebe

Recurso pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Passageiro de carro envolvido em acidente em SP comprou três garrafas de bebida em bar

Passageiro de carro envolvido em acidente em SP comprou três garrafas de bebida em bar

Comanda do bar mostra que Felipe Gambeta Malheiro, que inicialmente se apresentou como condutor do veículo, comprou duas garrafas de vodka e uma de licor
Vídeo: Idoso de 84 anos é agredido por homem na zona sul de São Paulo

Vídeo: Idoso de 84 anos é agredido por homem na zona sul de São Paulo

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento da discussão e das agressões
Ramagem deixa a Polícia Federal após seis horas de depoimento sobre "Abin paralela"

Ramagem deixa a Polícia Federal após seis horas de depoimento sobre "Abin paralela"

Ex-diretor da Abin é apontado com um dos supostos chefes do núcleo político montado na agência para espionar ilegalmente desafetos do governo Bolsonaro
Publicidade
Publicidade