Publicidade

Ômicron: o que se sabe sobre a nova variante da covid-19

Casos da cepa já foram confirmados em países da África, Europa e Ásia

Ômicron: o que se sabe sobre a nova variante da covid-19
Variante foi identificada à OMS pelo governo da África do Sul no dia 24 de novembro | Pixabay
Publicidade

O mundo entrou em alerta após a descoberta da nova variante sul-africana do coronavírus. Denominada ômicron, a cepa foi classificada como "variante de preocupação" pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e está afligindo pesquisadores e cientistas sobre sua linhagem, que pode apresentar alterações prejudiciais na contenção da pandemia.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A cepa foi identificada pela primeira vez à OMS pelo governo da África do Sul, no dia 24 de novembro. Após a descoberta, a situação epidemiológica no país piorou significativamente. "Esta variante apresenta um grande número de mutações, algumas das quais preocupantes. A evidência preliminar sugere um risco aumentado de reinfecção com esta variante, em comparação com outras variantes de preocupação", informou a OMS em um comunicado, orientando os países a reforçarem os sistemas de vigilância.

Segundo pesquisas preliminares, a cepa traz uma preocupação particular quando o assunto é imunização, já que sua linguagem é composta por dezenas de modificações na parte do vírus que se liga às células humanas, chamada de "spike protein" ("espinhos de proteína"). Como a maior parte das vacinas disponíveis se baseia nessa proteína, há o temor de que a cepa escape dos anticorpos gerados pelos imunizantes. As condições, no entanto, ainda não são certas e dependem de novos estudos para serem confirmadas.

+ Nova variante: Austrália e Japão adotam restrições para países sul-africanos

Até o momento, todos casos da nova cepa confirmados em países da África, Europa e Ásia estão sendo monitorados. Conforme a OMS, novas pesquisas serão realizadas, mas há menos de 100 sequências completas da variante disponíveis, o que pode dificultar os estudos para determinar diferenças dessa cepa com as anteriores, como a Alfa e Delta, por exemplo, e seu impacto nos tratamentos disponíveis, como a vacina. A entidade reforçou que os vírus sofrem mutações, mas é preciso verificar se, neste caso, as mudanças tornaram o vírus mais forte e transmissível.

+ O que separa a vacina contra a covid-19 do braço dos africanos?

Como medidas de precaução, os países estão proibindo, temporariamente, voos procedentes das regiões do sul da África. Algumas nações também pediram para que os viajantes que estiveram nas áreas de risco nos últimos 14 dias fiquem em isolamento social e realizem novos testes para a doença. Para a população em geral, a OMS reforçou a necessidade das medidas sanitárias, como o uso de máscaras bem ajustadas, higiene das mãos e distanciamento físico. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

sbt
sbtnews
portalnews
coronavirus
omicron
o que se sabe
nova variante
covid-19
oms
transmissao
resistencia
vacina

Últimas notícias

Jornalismo ambiental e de dados e pautas sociais foram destaques no Congresso da Abraji

Jornalismo ambiental e de dados e pautas sociais foram destaques no Congresso da Abraji

19º Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo terminou neste domingo (14), em São Paulo
Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Vítima de atentado contra Trump morreu tentando proteger sua família

Corey Comperatore, de 50 anos, era bombeiro e tinha duas filhas. Ele morreu pelos disparos de Thomas Crooks. Outros dois homens foram feridos gravemente
Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Lula lamenta morte do pai do ex-governador do Rio Sergio Cabral

Em nota de pesar, o presidente da República ressaltou, entre outros atributos, a “irreverência” na carreira do jornalista, que faleceu aos 87 anos
Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Atentado a Trump eleva valor do bitcoin, que supera o patamar de US$ 60 mil

Segundo analistas, chance de retorno do ex-presidente ao poder aumentou, e ele é a favor da desregulamentação do mercado financeiro
Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Responsável por atentado contra Trump agiu sozinho, afirma FBI

Thomas Matthew Crooks, de 20 anos, foi o atirador que tentou assassinar Donald Trump
Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Presidente da Itália, Sergio Mattarella, chega ao Brasil neste domingo

Esta é a primeira visita de um chefe de Estado italiano ao país em 24 anos
Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

Romildo Magalhães, ex-governador do Acre, morre aos 78 anos

O político faleceu na tarde deste domingo (14) em decorrência de complicações da diabetes
Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

Biden diz que investigadores terão todos recursos para apurar atentado contra Trump

"Deixem o FBI fazer o seu trabalho", diz presidente dos EUA. Segurança de convenção republicana será reforçada
Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Itamaraty condena ataque a Gaza com mais de 90 mortos e quase 300 feridos

Em nota, a pasta declarou que “o governo de Israel segue sabotando o processo de paz e o cessar-fogo no Oriente Médio”
Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Presidentes do Congresso e do STF condenam atentado contra Trump

Pacheco alertou para sucessão de "atos extremistas que vêm se repetindo mundo afora"
Publicidade
Publicidade