Publicidade

Ministério vai prorrogar prazo dado a aéreas para propor redução no preço de passagens

Pedido partiu de companhias. Ministro Silvio Costa Filho quer projeto para baratear viagens de avião para janeiro

Ministério vai prorrogar prazo dado a aéreas para propor redução no preço de passagens
Rovena Rosa/Agência Brasil
Publicidade

O Ministério dos Portos e Aeroportos vai aumentar o prazo para que companhias aéreas justifiquem o alto preço de passagens aéreas. O movimento atende a um pedido das próprias empresas. A prorrogação deve valer por mais dez ou 15 dias - o prazo final ainda será anunciado pela pasta.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A informação foi confirmada pelo ministro Silvio Costa Filho ao SBT News nesta 4ª feira (22.nov), após participação dele no evento Fórum de Brasília, promovido pela consultoria política Arko Advice.

O prazo diz respeito a uma solicitação da pasta às empresas aéreas brasileiras. O ministério deu, inicialmente, dez dias para que as companhias apresentassem propostas para reduzir valores das passagens.

Além das sugestões que serão apresentadas, o ministério trabalha com uma proposta para tornar viagens mais baratas. Entre as medidas está a intenção em reduzir o preço do combustível utilizado em aeronaves. A proposta ainda está em negociação pelo governo.

O preço de bilhetes passou por uma grande elevação nos últimos meses. Monitoramento da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) indica valores recordes para o ano de 2023.

"Apresentamos a primeira fase ao ministro Rui Costa [Casa Civil]. Vamos fazer uma conversa com o presidente Lula na volta da viagem da COP28, possivelmente dia 10 ou dia 12 [de dezembro] e lançar programa no final de janeiro", diz.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
governo
passagens aéreas
compahias aéreas
avião
passagem de avião
valor da passagem
alta das passagens

Últimas notícias

Moraes descarta adiamento das eleições municipais no Rio Grande do Sul

Moraes descarta adiamento das eleições municipais no Rio Grande do Sul

O presidente do TSE afirmou, na sessão plenária desta terça (21), que não houve qualquer dano estrutural que impeça o pleito na data prevista
Quase metade das empresas do setor calçadista foi afetada pelas enchentes no RS

Quase metade das empresas do setor calçadista foi afetada pelas enchentes no RS

Estado é o segundo maior fabricante de calçados do Brasil, perdendo apenas para o Ceará
Nível da Lagoa dos Patos aumenta e Rio Grande (RS) tem 7 zonas em alerta

Nível da Lagoa dos Patos aumenta e Rio Grande (RS) tem 7 zonas em alerta

Atualmente, mais de 600 pessoas estão desabrigadas no município
Tragédia do Rio Grande do Sul mobiliza recursos para saúde

Tragédia do Rio Grande do Sul mobiliza recursos para saúde

Mais de R$ 1,5 bilhão em recursos já foram destinados à área desde início das chuvas
Engenheiros alertaram sobre deficiências em casas de bombas de Porto Alegre em 2018 e 2023

Engenheiros alertaram sobre deficiências em casas de bombas de Porto Alegre em 2018 e 2023

Ano passado, após o Guaíba ultrapassar a cota de inundação de 3 metros, técnicos alertaram sobre a "necessidade urgente de resolução dos problemas nas estações"
Processos da Lava Jato contra Marcelo Odebrecht são anulados por Toffoli

Processos da Lava Jato contra Marcelo Odebrecht são anulados por Toffoli

Ministro do STF diz ter ocorrido "conluio processual" do ex-juiz Moro e de procuradores da República da força-tarefa da Lava Jato
Mourão critica políticos por “exploração” da calamidade após chuvas no RS

Mourão critica políticos por “exploração” da calamidade após chuvas no RS

Para senador, tanto aliados quanto nomes da esquerda têm feito “filminhos” para beneficiar projetos políticos
Desembargadora que atacou Marielle Franco nas redes sociais é afastada pelo CNJ

Desembargadora que atacou Marielle Franco nas redes sociais é afastada pelo CNJ

Magistrada é acusada de disseminar informações falsas ao afirmar que a vereadora estava “engajada com bandidos” e foi eleita com a ajuda do Comando Vermelho
Governo faz proposta de aumento médio de 28% em quatro anos para técnicos em educação

Governo faz proposta de aumento médio de 28% em quatro anos para técnicos em educação

Entre pontos principais da solução apresentada, estão parcelas de reajuste de 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026
Governo precisa confirmar fonte de receita para incluir municípios na reoneração, diz líder

Governo precisa confirmar fonte de receita para incluir municípios na reoneração, diz líder

Segundo relator, líder Jaques Wagner, proposta deve ser atualizada e votação sai na próxima semana
Publicidade
Publicidade