Publicidade

"Dívida com o planeta", diz Lula sobre contribuição de países ricos para preservar floresta

Em live semanal, presidente falou sobre COP 28, vaias a Lira e, indiretamente, do caso das joias de Bolsonaro

"Dívida com o planeta", diz Lula sobre contribuição de países ricos para preservar floresta
Publicidade

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que a contribuição de países ricos para a preservação da floresta amazônica é o pagamento de uma dívida deles com o planeta e não um favor. A fala aconteceu durante o programa "Conversa com o presidente", na manhã desta 2ª feira (14.ago).

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

"Os países ricos tiveram a sua introdução na Revolução Industrial bem antes que o Brasil. Então, eles são responsáveis pela poluição do planeta muito antes de nós. Eles conseguiram derrubar suas florestas muito antes de nós. Agora, o que eles têm que fazer é contribuir financeiramente para que os outros países possam se desenvolver. Nós não queremos ajuda. Nós queremos um pagamento efetivo. É como se estivessem pagando uma coisa que eles devem à humanidade" disse Lula.

Segundo o Chefe do Executivo, os países que participaram da Cúpula da Amazônia, na última 3ª feira (8.ago), devem cobrar essa contribuição na COP 28, nos Emirados Árabes, em 30 de novembro.

"Temos condições de chegar ao mundo, lá nos Emirados Árabes, e dizer o seguinte: olha, a situação é essa. Nós queremos essa contribuição de vocês. E isso não é favor. É pagamento de uma dívida que vocês têm com o planeta Terra, porque vocês derrubaram a floresta de vocês 100 ou 150 anos antes de nós. Então, agora, vocês paguem para que a gente possa preservar as nossas florestas gerando emprego, oportunidades de trabalho e condições de melhorar a vida das pessoas", afirmou o presidente.

Democracia

Ainda durante seu programa semanal, Lula falou sobre a democracia e citou, indiretamente, o escândalo das joias árabes de Jair Bolsonaro (PL). Na última 6ª feira (11.ago), a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão para esclarecer a venda ilegal de presentes dados ao ex-presidente.

"O Brasil é especialista nisso (na democracia). Por isso nós derrubamos o golpe do dia 8 de janeiro, a tentativa frustrada dos golpistas, e agora está aparecendo o tipo de gente que é. Agora começa a aparecer o tipo de gente que nós derrotamos", disse o petista.

Vaias a Lira

O presidente também abordou as vaias recebidas por Arthur Lira (PP-AL) durante o lançamento do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ele defendeu a ida de Lira ao evento e destacou: "Conversar com o Lira é uma obrigação minha. Ele é o presidente da Câmara".

Lula repetiu em sua fala o que já tinha dito na 6ª feira (11.ago), que precisa mais de Lira do que o contrário. Para isso, exemplificou:

"O PT tem 70 votos, a esquerda 136. Para você aprovar alguma coisa, você vai ter que ter 257. Isso significa que você precisa conversar. Você conversa com quem? Tem que conversar com quem tem voto", disse o mandatário.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
sbt
noticias
governo
lula
presidente
países
ricos
floresta
amazônica
amazônia
cop 28
jair bolsonaro
bolsonaro
joias
arabes
democracia
arthur lira
lira
novo pac
câmara

Últimas notícias

Júri popular do bicheiro “Piruinha” será realizado nesta quinta (25)

Júri popular do bicheiro “Piruinha” será realizado nesta quinta (25)

José Caruzzo Escafura, de 94 anos, é acusado de mandar matar comerciante em 2021 no Rio de Janeiro por dívida de quase meio milhão de reais
Petrobras decide sobre dividendos extraordinários e elege novo Conselho de Administração nesta quinta (25)

Petrobras decide sobre dividendos extraordinários e elege novo Conselho de Administração nesta quinta (25)

Retenção do pagamento, em março, provocou fritura do presidente da estatal, Jean Paul Prates; com aval de Lula, CA propõe distribuição de 50%
Governo libera segunda parcela do Programa Pé-de-Meia; veja quem recebe

Governo libera segunda parcela do Programa Pé-de-Meia; veja quem recebe

Iniciativa tem como objetivo diminuir evasão escolar e desigualdade social entre jovens
SP: Grave acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa 4 mortos

SP: Grave acidente na rodovia Régis Bittencourt deixa 4 mortos

Carro com três ocupantes foi prensado entre carretas; motorista de caminhão também não resistiu
Lula sanciona lei que reconhece blocos de Carnaval como manifestação da cultura nacional

Lula sanciona lei que reconhece blocos de Carnaval como manifestação da cultura nacional

Decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (25)
Casa Branca diz querer "respostas" de Israel sobre valas comuns em Gaza

Casa Branca diz querer "respostas" de Israel sobre valas comuns em Gaza

Quase 300 corpos foram encontrados por autoridades palestinas; ONU pediu investigação
Brasil Agora: Brazão fala a Deputados por vídeo; Moraes arquiva ação contra Bolsonaro

Brasil Agora: Brazão fala a Deputados por vídeo; Moraes arquiva ação contra Bolsonaro

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quinta-feira (25)
Governo divulga locais de prova do "Enem dos concursos" nesta quinta-feira (25); veja onde acessar

Governo divulga locais de prova do "Enem dos concursos" nesta quinta-feira (25); veja onde acessar

Processo seletivo oferta 6.640 vagas em 21 órgãos públicos federais; provas ocorrem em 5 de maio
Após alto número de mortes, SP atende pedido do STF para uso de câmeras em operações policiais

Após alto número de mortes, SP atende pedido do STF para uso de câmeras em operações policiais

Solicitação foi baseada em ação da Defensoria Pública do estado, que denunciou aumento da letalidade nas ações
Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 6 milhões nesta quinta-feira (25)

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 6 milhões nesta quinta-feira (25)

Apostas podem ser feitas em casas lotéricas ou pela internet até as 19h
Publicidade
Publicidade