Publicidade

Com meta em R$ 5 bilhões, Congresso manobra para fechar valor recorde para as eleições de 2024

Caso avance, fundão eleitoral do ano que vem será 60% mais caro do que o das últimas eleições municipais, de 2020

Com meta em R$ 5 bilhões, Congresso manobra para fechar valor recorde para as eleições de 2024
LDO está em negociação no Congresso, e pode elevar gastos em campanhas políticas para 2024 |
Publicidade

Uma manobra no Congresso pode fazer com que as eleições municipais de 2024 tenham um valor recorde para campanhas políticas. A intenção negociada é a de que o Fundo Eleitoral, conhecido como "Fundão", chegue à casa dos R$ 5 bilhões. O montante é 60% maior do que o destinado no último pleito de prefeitos e vereadores, em 2020. Na época, foram R$ 2 bilhões.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Para alcançar o valor, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou uma instrução normativa que diminuiu R$ 4,02 bilhões de emendas de bancadas - recursos para obras ou investimentos aos respectivos estados - para turbinar o fundão. A mudança faz parte da Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define as regras de gastos para o ano que vem. O texto será novamente discutido na próxima 3ª feira (21.nov).

Atualmente, o valor destinado pelo governo para campanhas é de R$ 939,3 milhões. Caso a proposta avance, as emendas seriam somadas a esse montante. O Orçamento ainda não foi aprovado e precisa ser votado no Congresso. E, apesar da defesa de parlamentares, pode enfrentar resistência até a votação final.

Única deputada a votar contra na comissão, Adriana Ventura (Novo-SP) critica a tentativa de aumento. Com avaliação de que os gastos para o ano que vem não podem superar as últimas eleições municipais, a parlamentar diz haver outras prioridades para os gastos públicos.

"Essa possibilidade de aumentar o fundo eleitoral é absolutamente inaceitável. Nosso país é muito pobre, e a prioridade não é fazer campanha política. E, além do mais, são campanhas milionárias. É muito caro em um país em que falta o básico", diz. "A gente tem milhões de pessoas passando fome, sem saneamento básico", completa.

O aumento do Fundão

Há três anos, o valor para campanhas foi de R$ 2 bilhões. E como essa verba mais que dobrou, chegando aos R$ 4,9 bilhões nas eleições de 2022, políticos não querem um recurso menor para o ano que vem, mesmo com a diferença entre os tipos de pleitos -- eleições municipais exigem menos recursos logísticos e contam com uma quantidade menor de candidatos do que as gerais nacionais.

O que são emendas de bancada?

Emendas de bancada são recursos disponibilizados para que deputados e senadores direcionem, em conjunto, valores a obras, custeios com gastos ou investimentos em saúde para os seus respectivos estados. 

Próximos passos da LDO

Passada a votação do relatório preliminar, e o tempo para apresentação de emendas ao texto, o relator da LDO, deputado Danilo Forte (União-CE), fará a entrega do relatório final na 2ª feira (19.nov). Uma reunião está prevista para o dia seguinte. E a votação do relatório final está marcada para 4ª feira (22.nov). Após aprovação, o parecer da CMO será encaminhado à Mesa do Congresso Nacional até 5ª. 

Leia também:

+ Governo confirma manutenção da meta fiscal zero no Orçamento

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
congresso
ldo
lei das diretrizes orçamentárisa
orçamento 2023
fundo eleitoral
fundão
lis-cappi
campanha política
eleilções 2024

Últimas notícias

Miss Buenos Aires de 60 anos fica sem coroa na etapa nacional

Miss Buenos Aires de 60 anos fica sem coroa na etapa nacional

Modelo viralizou nas redes sociais ao vencer o Miss Universo em abril; prêmio foi para a Magalí Benejam, da província de Córdoba
SBT lança "live da transparência" em tenda de doações

SBT lança "live da transparência" em tenda de doações

Iniciativa transmitirá a movimentação ao vivo na tenda de doações e conferência dos itens no galpão da Jequiti
Histórias Inspiradoras de Adoção: amor e acolhimento transformam vidas

Histórias Inspiradoras de Adoção: amor e acolhimento transformam vidas

No Dia Nacional da Adoção, conheça relatos emocionantes de crianças e adolescentes que encontraram lares repletos de carinho e dedicação
Cachorros resgatados das enchentes do RS são colocados para adoção em feira de Florianópolis

Cachorros resgatados das enchentes do RS são colocados para adoção em feira de Florianópolis

Feira contou com cerca de 40 animais que precisam de um novo lar
Sala Lilás: entenda a função desse espaço de atendimento a mulheres que são vítimas de violência

Sala Lilás: entenda a função desse espaço de atendimento a mulheres que são vítimas de violência

Desde final de abril, Unidades Básicas de Saúde são obrigadas a ter salas. Humanização do atendimento é apontada por especialistas e vítimas como fundamental
Fiéis lotam a Praça da Apoteose durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro

Fiéis lotam a Praça da Apoteose durante a Marcha para Jesus, no Rio de Janeiro

Estimativa é de que cerca de 40 mil pessoas participaram da 17ª edição do evento
Desastres naturais forçaram 26 milhões de deslocamentos internos em 2023, diz relatório

Desastres naturais forçaram 26 milhões de deslocamentos internos em 2023, diz relatório

Refúgio climático, que também acontece no Brasil, alerta para a necessidade de uma política nacional de amparo às vítimas de impactos ambientais
Cidades do Vale do Taquari seguem arrasadas pelas inundações no RS

Cidades do Vale do Taquari seguem arrasadas pelas inundações no RS

Moradores contabilizam o caos causado pelas enchentes; Exército vai refazer travessias levadas pelas cheias
Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Pescadores de Pelotas lamentam perdas pelas chuvas: “Imensidão horrível de água”

Região do Rio Grande do Sul lida com dificuldades por aumento do nível das águas. Em outros locais, população enfrenta situação de frio
Israel ignora decisão da Corte Internacional de Justiça e bombardeia sul de Gaza

Israel ignora decisão da Corte Internacional de Justiça e bombardeia sul de Gaza

Órgão máximo da ONU para deliberar sobre disputas entre Estados havia determinado fim de ataques a Rafah
Publicidade
Publicidade