Publicidade

Dinheiro com registro de armas explica disputa entre PF e Exército

Especialista em segurança critica falhas da fiscalização militar mesmo com volume de recurso

Dinheiro com registro de armas explica disputa entre PF e Exército
Armas
Publicidade

Os R$ 200 milhões arrecadados pela Polícia Federal e pelo Exército com a liberação de armas explicaria a disputa entre as duas corporações pelo controle dos registros.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O que se disse: "Não é um volume pequeno de recursos. E isso explica a razão de o Exército e a PF não quererem largar o osso da fiscalização", diz Arthur Trindade, diretor do Instituto de Ciências Social da Universidade de Brasília (UnB) e integrante do Núcleo de Estudos sobre Violência e Segurança (Nevis/UnB).

Fiscalização precária: durante o governo Bolsonaro o Exército mostrou falhas na fiscalização de armas, com denúncias sobre registros de CACs por criminosos. Em outubro de 2022, o Exército admitiu não ter acesso ao Sistema Nacional de Segurança Pública (Infoseg), um banco com antecedentes criminais.

Explosão de CACs: ao longo dos quatro anos do governo Bolsonaro, de 2019 a 2022, o Exército liberou cerca de 700 mil registros de caçadores, atiradores e colecionadores.

Leia também:

+ Os senhores das armas no Brasil

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
noticias
armas
exército brasileiro
polícia federal

Últimas notícias

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

INSS libera benefícios para segurados que recebem até um salário mínimo; veja como consultar

Pagamentos serão feitos conforme o número final do cartão de pagamento; moradores do RS terão depósitos antecipados
No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

No dia de São João, governo reconhece quadrilhas como manifestação da cultura nacional

Dança típica foi considerada relevante para a identificação regional nas apresentações juninas
"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

"Pausas táticas não aliviam situação humanitária em Gaza", diz OMS

Combates paralelos e contínuo deslocamento forçado de civis dificultam a entrega de ajuda na região
Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Intenção de consumo das famílias cresce 0,5% em junho e mantém índice positivo

Resultado foi influenciado pelo acesso ao crédito e pelo aquecimento do mercado de trabalho
Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

Brasil ultrapassa marca de 6 milhões de casos de dengue em 2024

SP e MG seguem liderando ranking de infecções; número de mortes confirmadas chega a 4 mil
Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Ataques contra igrejas e sinagogas deixam mais de 15 mortos na Rússia

Homens armados invadiram os locais na tarde de domingo (23); autoridades investigam o caso
Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Caixa libera Bolsa Família de junho para beneficiários com NIS final 6

Valor pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente; calendário também conta com Auxílio Gás
SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

SBT News na TV: Professores das universidades federais decidem encerrar greve

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta segunda-feira (24); assista!
Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Netanyahu diz que combate intenso contra o Hamas está perto do fim, mas que guerra continuará

Primeiro-ministro israelense concedeu entrevista a uma emissora do país pela primeira vez desde o início da guerra
Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Universidades federais: professores decidem encerrar greve

Paralisação nacional começou em abril. Retorno às aulas depende de decisão interna de cada instituição
Publicidade
Publicidade