Publicidade

Desafios climáticos: secas prolongadas e tempestades devastadoras

A produção agrícola em diferentes regiões do Brasil são severamente afetadas

Desafios climáticos: secas prolongadas e tempestades devastadoras
Publicidade

Ondas de calor, secas, chuvas persistentes e tempestades devastadoras, o cenário é desolador em milhares de lavouras. No Cento Oeste, a estiagem e calor excessivo de muitas semanas castigaram as plantações. Um exemplo é o Mato Grosso, maior produtor de soja e milho o Brasil. Faltou chuva em um momento determinante do plantio da soja, que atrasou porque sem água, não tem planta que se desenvolva bem. Solo extremamente seco vira pó e a planta não aguenta. Algumas plantas que já deveriam estar com até 60 centímetros, têm somente 25 cm. Em alguns casos, produtores tiveram que fazer o replantio, certamente todo esse atraso na soja vai adiar, mais adiante, o plantio do milho segunda safra.

+ Confira as últimas notícias no SBT Agro

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A realidade se espalha por outros estados do Centro Oeste, Norte e Nordeste. O Maranhão está com o plantio de soja mais atrasado, por causa da seca. Segundo levantamento mais recente da Aprosoja daquele estado, somente 12% das áreas foram semeadas, quando já deveria ter passado dos 50%.

Já o  Rio Grande do Sul, está com apenas 25% da área plantada, mas é por causa das chuvas. Elas impedem a entrada das máquinas no campo, tanto para colher o trigo, que também está atrasado, quanto para realizar a semeadura da soja. Há situações de erosão, com perdas de fertilizantes e de sementes e, ainda, cerca de 20% deve ser replantada. Outro caso preocupante é Santa Catarina, onde 50 mil propriedades foram prejudicadas, 75% da agricultura familiar, e os prejuízos são calculados em mais de 2,5 bilhões de reais.

Segundo a Secretaria da Agricultura do estado, foram perdidos de 6 a 7 milhões de animais, entre suínos, gado e principalmente, aves. Foram sete enchentes em dois meses, que levaram casas, pontes, lavouras e terra fértil.

Sem contar que muitas estradas estão sem condições, impedindo o escoamento da pouca produção. Há muito trabalho pela frente, principalmente para  refazer o solo, os locais onde se planta e  acontece o nascimento do alimento e o ânimo dos produtores para reiniciar do zero. 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

clima
calor
secas
tempestades
perdas na lavoura
agro
agronegócio
sbt
sbtnews
portalnews
notícias
coluna-alessandra-bergmann
colunista-alessandra-bergmann

Últimas notícias

STF condena mais 15 pessoas por participação nos atos golpistas de 8 de janeiro

STF condena mais 15 pessoas por participação nos atos golpistas de 8 de janeiro

Penas variam entre 14 e 17 anos de prisão, por crimes de associação criminosa, abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado e deterioração de patrimônio tombado
Mais de 20% das indicações de cirurgia para endometriose são desnecessárias, conclui estudo

Mais de 20% das indicações de cirurgia para endometriose são desnecessárias, conclui estudo

Pesquisa do Hospital Albert Einstein mostra que, na maioria dos casos, a doença pode ser tratada com medicação
Uma em cada oito pessoas no mundo sofre com obesidade

Uma em cada oito pessoas no mundo sofre com obesidade

Além dos obesos, a pesquisa constatou que 43% dos adultos do mundo estão com sobrepeso
Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Mosquito da dengue oferece risco também a cachorros e gatos

Aedes aegypti pode transmitir aos pets doença conhecida como 'verme do coração'; conheça sintomas e tratamento
José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

José Dirceu deve ter alta hospitalar neste sábado

Político está internado desde o dia 25 de fevereiro por causa de uma pneumonia
Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

Brasil volta a ser top 10 das maiores economias do mundo com PIB de 2023

País ocupa atualmente a 9ª colocação, à frente de Canadá, Rússia e Austrália. Confira lista
Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Militares que metralharam família no RJ podem ter penas reduzidas de 30 para 3 anos

Dois ministros do STM consideraram homicídio culposo a ação do Exército que teve 257 tiros de fuzil e resultou em duas mortes
Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Mistura de biodiesel no diesel sobe para 14% a partir desta sexta

Combinação evita a emissão de 5 milhões de toneladas de gás carbônico na atmosfera
Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

Aumento de casos de doenças como a dengue deve causar impacto de até R$ 20 bilhões no PIB

País pode fechar o ano com mais de quatro milhões de infectados por arboviroses
Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Belo Horizonte inaugura hospital de campanha para atendimento de pacientes com dengue

Minas Gerais é o estado com o maior número de casos prováveis da doença
Publicidade
Publicidade