Publicidade

Perfil do governo federal cutuca gestão passada lembrando do caso das barras de ouro

Publicação no X (Twitter) anuncia transferência de recursos e diz que "não tem negociação de propina em barra de ouro"

Perfil do governo federal cutuca gestão passada lembrando do caso das barras de ouro
fachada do Ministério da Educação
Publicidade

O perfil oficial do Governo Federal publicou, na manhã desta 2ª feira (28.ago), o anúncio de transferência de dinheiro do Ministério da Educação para estados e municípios. Até aí tudo bem.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

O que chamou a atenção é que o post na rede social X (antigo Twitter) traz uma provocação ao governo passado, de Jair Bolsonaro (PL). "Não tem negociação de propina em barra de ouro: tem seriedade e respeito pela Educação", diz a mensagem.

E o texto segue afirmando que a pasta já transferiu R$ 1 bilhão de reais para o gestores estaduais e municipais por intermédio do Plano de Ações Articuladas, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.

"É dinheiro para: gestão educacional; formação de professores, profissionais de serviço e apoio escolar; práticas pedagógicas e de avaliação; infraestrutura física e recursos pedagógicos. Ou seja, para ações que melhoram o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb)", conclui a mensagem.

A provocação se refere ao caso que levou à prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, em junho de 2022. O episódio envolveu um áudio no qual Ribeiro dizia liberar verbas do Ministério da Educação por indicação de dois pastores, Gilmar Santos e Arilton Moura, a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

As negociações envolviam cobrança de propina e ouro em troca da liberação de verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Eram beneficiados os municípios indicados pelo pastor Gilmar. Milton e os dois religiosos teriam criado um balcão de negócios dentro do ministério para a negociação ilícita.

Leia também:

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
noticias
mec
propina
provocação
barra de ouro
política
governo
ministerio
educação
milton ribeiro
jair bolsonaro
bolsonaro
publicação
twitter

Últimas notícias

RS: Galeria rompe e água inunda município no Vale do Caí

RS: Galeria rompe e água inunda município no Vale do Caí

Rompimento causou “fenda” em estrada interditada em Capela de Santana; 30 famílias estão desalojadas
Irã dá início a funeral de 3 dias de Ebrahim Raisi

Irã dá início a funeral de 3 dias de Ebrahim Raisi

Presidente morreu em queda de helicóptero; enterro está marcado para quinta-feira (23)
França apoia pedido para mandados de prisão contra Netanyahu e líderes do Hamas

França apoia pedido para mandados de prisão contra Netanyahu e líderes do Hamas

País destacou ataque do 7 de outubro em Israel e ausência de ajuda humanitária em Gaza
SP: Carreta com carga de aerossol pega fogo e bloqueia Ayrton Senna

SP: Carreta com carga de aerossol pega fogo e bloqueia Ayrton Senna

Acidente foi registrado na altura de Guarulhos, no sentido interior do estado; caminhão ainda estava na rodovia, na manhã seguinte
WhatsApp vai restringir perfis que enviam mensagens em massa

WhatsApp vai restringir perfis que enviam mensagens em massa

Meta quer acabar com o spam e o envio disseminado de mensagens indesejadas e automáticas
Soldado desaparecido teria sido torturado antes de morrer

Soldado desaparecido teria sido torturado antes de morrer

Corpo de Luca Romano estava desaparecido desde abril, na Baixada Santista; vítima foi julgada pelo “tribunal do crime”
Ladrão infarta após roubar carro na zona sul de SP

Ladrão infarta após roubar carro na zona sul de SP

Crime foi registrado no Capão Redondo; outros três integrantes de quadrilha fugiram ao perceber a aproximação da polícia
Burger King é multado em R$ 200 mil por vender "Whopper Costela" sem costela

Burger King é multado em R$ 200 mil por vender "Whopper Costela" sem costela

Justiça entendeu que houve propaganda enganosa por omissão na divulgação do sanduíche
SP: Carro capota em pista da Marginal Pinheiros

SP: Carro capota em pista da Marginal Pinheiros

Pelo menos duas faixas foram interditadas, impactando trânsito na região
Fisiculturista alega queda, mas é preso suspeito de espancar mulher

Fisiculturista alega queda, mas é preso suspeito de espancar mulher

Homem ainda fez publicação nas redes sociais após internação; atleta levou vítima ao hospital, em Goiás
Publicidade
Publicidade