Publicidade

Lewandowski autoriza candidaturas de Sofia Manzano e Vera Lúcia a presidente

Nas decisões, ministro diz que Procuradoria-Geral Eleitoral opinou pelo deferimento do registro

Lewandowski autoriza candidaturas de Sofia Manzano e Vera Lúcia a presidente
Ricardo Lewandowski (Nelson Jr./SCO/STF)
Publicidade

O ministro Ricardo Lewandowski, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deferiu neste domingo (21.ago) os registros das candidaturas da doutora em história econômica Sofia Manzano (PCB) e da cientista social Vera Lúcia (PSTU) à Presidência da República.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

Em ambas as decisões, o ministro diz que a Procuradoria-Geral Eleitoral opinou pelo deferimento do registro e que o requerimento deste "foi regularmente preenchido e instruído com os documentos necessários, conforme informações prestadas pela Secretaria Judiciária".

Ainda de acordo com Lewandowski, foram cumpridos por Manzano e Vera Lúcia os requisitos previstos em resolução do TSE, entre os quais a relação atual de bens, fotografia recente e certidões criminais negativas para fins eleitorais, e as condições de elegibilidade previstas na Constituição, como ter nacionalidade brasileira, estar em pleno exercício dos direitos políticos e estar alistado como eleitor.

Veja as decisões na íntegra:

ELEIC?O?ES 2022 - RCand 060063554 by Guilherme Delinardi Resck on Scribd

ELEIC?O?ES 2022 - RCand 060069357 by Guilherme Delinardi Resck on Scribd

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
justica
tse
ricardo lewandowski
pge
pedidos
registros
candidaturas
aprovação
vera lúcia
sofia manzano
pstu
pcb
guilherme-resck
eleicoes

Últimas notícias

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

SP: Motorista de Porsche é investigado por agredir ex-madrasta

Fernando Sastre Filho está preso pela morte de condutor de aplicativo após colisão na zona leste da capital paulista, em março
WikiLeaks posta foto de Julian Assange a caminho de tribunal nos EUA

WikiLeaks posta foto de Julian Assange a caminho de tribunal nos EUA

Jornalista australiano fundou plataforma que publicou milhares de documentos confidenciais dos Estados Unidos e estava preso na Inglaterra desde 2019
Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Enfermeira que desapareceu após dívidas do “jogo do tigrinho” volta para casa

Mulher estava desaparecida há oito dias; ela saiu de Piracicaba, no interior de SP, e foi para o Mato Grosso do Sul
Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Suspeito de matar PM durante discussão em adega é preso

Policial foi morto com tiros da própria arma durante briga na zona leste de SP; dono do local também foi detido
Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Novo Ensino Médio: relator na Câmara critica carga horária em cursos técnicos e espanhol obrigatório

Mendonça Filho (União Brasil-PE) quer reverter mudanças feitas pelo Senado no texto e que votação ocorra antes do recesso parlamentar
André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

André Mendonça toma posse como titular do TSE nesta terça (25)

O ministro, que já compõe a corte eleitoral como substituto, ocupará a cadeira deixada por Alexandre de Moraes
Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Incêndio destrói centenas de moradias na zona sul de SP

Foram necessárias 16 equipes do Corpo de Bombeiros para combater as chamas; ninguém se feriu na tragédia
CONTEXTUALIZANDO: Hotel em que Lula ficou na Itália tem diárias de até R$ 2,5 mil, e não de mais de R$ 71 mil

CONTEXTUALIZANDO: Hotel em que Lula ficou na Itália tem diárias de até R$ 2,5 mil, e não de mais de R$ 71 mil

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Brasil Agora: STF volta a julgar porte de maconha, fogo no Pantanal e mais notícias do dia

Brasil Agora: STF volta a julgar porte de maconha, fogo no Pantanal e mais notícias do dia

Confira esses e outros destaques no programa matinal do SBT News, com apresentação de Murilo Fagundes e comentários de Iasmin Costa
STF retoma julgamento sobre descriminalização da maconha nesta terça (25)

STF retoma julgamento sobre descriminalização da maconha nesta terça (25)

Os ministros estão a um voto de derrubar o caráter criminal do porte da erva para consumo próprio; faltam votar Luiz Fux e Cármen Lúcia
Publicidade
Publicidade