Publicidade

STF terá nova onda de processos sobre a pandemia em 2022

Julgamento da portaria que proíbe demissão de não vacinados e autorização para importação da Sputnik estão na lista

STF terá nova onda de processos sobre a pandemia em 2022
Prédio do STF
Publicidade

Diante do avanço da variante Ômicron do coronavírus, o Supremo Tribunal Federal (STF) terá em 2022 uma nova onde de processos ainda não julgados sobre a pandemia em 2021.

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News

A lista de processos é puxada pelo julgamento da portaria do Ministério do Trabalho e Previdência que proíbe a demissão de não vacinados em empresas e pelo pedido de quatro estados para a importação e uso definitivo da vacina russa Sputnik. 

No caso da ação da Rede Sustentabilidade contra a portaria do Ministério do Trabalho e Previdência, o processo estava marcado para ser finalizado até 3 de dezembro. 

Entretanto, um pedido de destaque do ministro Nunes Marques retirou a ação do julgamento virtual e paralisou a tramitação. Ainda não há previsão de retorno. O SBT News apurou que o caso só deve ser julgado em 2022. 

Até o momento, os ministros Luís Roberto Barroso -- relator do processo --, Alexandre de Moraes, Edson Fachin e Cármen Lúcia votaram contra a portaria do governo.

Ademais, a pauta de 2022 do Supremo terá o pedido de quatro estados para a importação e uso da vacina russa Sputnik. Após rejeição do colegiado, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) chegou a liberar a importação em junho, sob condições controladas, e para o uso exclusivo em estudos. 

Além disso, a Corte também julgará o pedido de prorrogação do Programa de Manutenção do Emprego e Renda. A ação é do PCdoB e tem relatoria do ministro Luís Roberto Barroso. 

O programa permite a redução de salário e suspensão temporária de contrato de trabalho, mas perdeu a validade em dezembro de 2020. 

A lista de processos no STF inclui ainda a ação que pede providências contra a pandemia em quilombolas. O relator será o futuro ministro André Mendonça. 

Também na pauta de 2022, está a discussão sobre as supostas barreiras criadas pelo governo contra a contratação emergencial de médicos no programa "Mais Médicos" durante a pandemia. A ação foi ajuizada pelo PSB.

A Corte poderá julgar um possível recurso do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello para que tenha foro privilegiado. Ele é acusado por omissão durante a crise de falta de oxigênio em Manaus (AM). 

O ministro Ricardo Lewandowski, relator do processo, enviou o caso para a primeira instância, já que o denunciado não é mais ministro.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
justiça
pandemia
covid-19
stf
supremo tribunal federal
alexandre-leoratti

Últimas notícias

SBT News na TV: Maduro rebate Lula sobre “banho de sangue” na Venezuela caso perca as eleições

SBT News na TV: Maduro rebate Lula sobre “banho de sangue” na Venezuela caso perca as eleições

Confira o que foi notícia ao longo do dia e os assuntos que serão destaque nesta quarta-feira (24); assista!
Balões com lixo enviados pela Coreia do Norte caem em complexo presidencial da Coreia do Sul

Balões com lixo enviados pela Coreia do Norte caem em complexo presidencial da Coreia do Sul

Autoridades descartaram risco de contaminação por itens; provocação aumenta tensão entre países
Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 5

Caixa libera Bolsa Família para beneficiários com NIS final 5

Recurso pode ser sacado em agências bancárias ou movimentado virtualmente
Bombeiros combatem seis focos de incêndios florestais no Pantanal (MS)

Bombeiros combatem seis focos de incêndios florestais no Pantanal (MS)

Fogo se intensificou no fim de semana por conta das condições climática
"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

"Quem se assustou que tome um chá de camomila", diz Maduro após Lula comentar "banho de sangue"

Maduro também perguntou ao público: "Vocês querem que chegue ao poder um Milei? Que chegue um Bolsonaro?"
Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Resultado Mega-Sena 2752: ninguém acerta dezenas e prêmio acumula para R$ 65 milhões

Cinco pessoas acertaram a quina e levaram R$ 51.676,02 cada
Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Macron recusa nomeação de primeira-ministra indicada pela esquerda

Presidente francês disse que só tomará decisão após Jogos Olímpicos
"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

"A Caverna Encantada": conheça a nova novela do SBT que promete emoção e mistério

Com uma história repleta de mistérios, confusões, diversão, amor e fé, a trama promete conquistar toda a família brasileira
Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Grupos palestinos assinam acordo para reconstruir a Faixa Gaza

Formação da comunidade foi acordada nesta terça-feira (23), na China
Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Cientistas descobrem produção de oxigênio no fundo do mar que pode mudar o que sabemos da origem da vida

Estudo publicado na revista Nature Geoscience mostra que há indícios de produção do gás mesmo sem fotossíntese
Publicidade
Publicidade