Publicidade

Crédito de R$ 200 milhões para ajudar a Bahia é insuficiente, diz Lira

Após reunião com a bancada, presidente da Câmara disse que é preciso desburocratizar envio de recursos

Crédito de R$ 200 milhões para ajudar a Bahia é insuficiente, diz Lira
Arthur Lira
Publicidade

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta 3ª feira (28.dez) que a Medida Provisória (MP) assinada pelo governo federal que abre crédito de R$ 200 milhões para ajudar na reconstrução dos municípios da Bahia atingidos pelas fortes chuvas é "insuficiente". Segundo ele, a Casa vai estudar mudanças na legislação para desburocratizar o envio de recursos para esses tipos de situação. 

"Após essas ações emergências de salvar vidas, que cabem ao Poder Executivo, vem o momento de levantar os estragos e prejuízos e auxiliar a população na reconstrução e a Câmara discutirá mudanças legislativas para agilizar isso", disse Lira, após reunir-se com deputados da bancada da Bahia.

No encontro, o presidente da Câmara e os parlamentares discutiram soluções para acelerar o repasse de verba para os municípios destruídos pelas enchentes. Eles pedem, principalmente, a desburocratização no envio desse dinheiro às regiões afetadas. "O pleito da bancada da Bahia é que isso [envio de verbas federais] seja desburocratizado, para que chegue o mais rápido possível", completou.

Apesar do presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ) ser criticado nas redes sociais por não ter ido à Bahia prestar solidariedade à população, Lira disse que "não há relatos de falta de assistência nesse primeiro momento, que é salvar vidas". "Deveremos ter outras ações do governo federal, que já se coloca à disposição nas conversas", pontuou o deputado, que é aliado do Palácio do Planalto. 
 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
congresso
arthur lira
bahia
chuvas
recursos

Últimas notícias

SP terá início de inverno com sol e máxima de 27°C; veja previsão

SP terá início de inverno com sol e máxima de 27°C; veja previsão

Bloqueios atmosféricos continuarão elevando as temperaturas e deixando o tempo mais seco
Concurso da Codevasf reabre inscrições nesta quarta (19), com salários de R$ 9 mil e 61 vagas

Concurso da Codevasf reabre inscrições nesta quarta (19), com salários de R$ 9 mil e 61 vagas

Prazo vai até 9 de julho, às 18h; previsão é de que provas do certame sejam realizadas em 8 de setembro
Dino suspende mais duas leis municipais que proíbem uso da linguagem neutra

Dino suspende mais duas leis municipais que proíbem uso da linguagem neutra

Decisão atendeu ações de grupos em defesa dos direitos LGBTQIA+; liminar será levada ao Plenário
EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

EXPLICA: O que você precisa saber sobre as eleições municipais de 2024 para não cair em desinformação

Confira a verificação realizada pelos jornalistas integrantes do Projeto Comprova
Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Mais de 500 muçulmanos morrem por forte calor durante peregrinação na Arábia Saudita

Movimento anual reuniu 1,8 milhão de fiéis; termômetros marcaram 43ºC nesta quarta-feira (19)
Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Brasil Agora: Copom discute futuro da taxa Selic; presidente da Câmara cria comissão para debater PL do aborto

Confira essas e outras notícias que serão destaque nesta quarta-feira (19)
Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Enem 2024: estudantes têm até hoje para pagar taxa de inscrição

Boleto estará disponível na Página do Participante; mais de 5 milhões de pessoas se cadastraram para realizar o exame este ano
+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

+Milionária sorteia prêmio de R$ 226 milhões nesta quarta-feira (19)

Apostas podem ser feitas até as 19h em casas lotéricas ou pela internet
Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Justin Timberlake deixa prisão após audiência de custódia

Cantor foi detido na noite de segunda-feira (17) por suspeita de embriaguez ao volante
Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Idosa sem folga há 20 anos é resgatada de trabalho análogo à escravidão

Vítima trabalhava como cuidadora para uma família em Itapetininga (SP); Ministério do Trabalho irá propor acordo de verbas trabalhistas
Publicidade
Publicidade