Publicidade

Assassino de petista tem prisão preventiva decretada no Paraná

MP acompanha o caso e investigação deverá apontar se houve crime de ódio; nova delegada comandará o caso

Assassino de petista tem prisão preventiva decretada no Paraná
crime no paraná
Publicidade

Em entrevista coletiva concedida na manhã desta 2ª feira (11.jul), o promotor Tiago Lisboa Mendonça, coordenador do Gaeco no Paraná, disse que irá acompanhar de perto as investigações sobre o assassinato do guarda municipal Marcelo Arruda, pelo agente penitenciário federal Jorge José da Rocha Guaranho. 

Segundo o promotor, o caso continuará com a Polícia Civil do Paraná e a investigação esclarecerá se houve um crime de ódio ou há outra motivação. Os investigadores querem saber, porque o agente, bolsonarista, foi até o local e se havia alguma sinalização externa ou música que indicava tratar-se de uma festa com tema do partido dos trabalhadores (PT).

+ Leia as últimas notícias no portal SBT News 

Conforme as primeiras informações, Jorge Guaranho seria membro de uma associação que fica próxima ao local e costumava circular por lá.

Uma reconstituição deverá ser e realizada e todas as testemunhas serão ouvidas. Sobre a hipótese de federalização da investigação, o promotor afirmou que ficou sabendo pela imprensa, mas que confia no trabalho da polícia paranaense.

Na manhã desta 2ª, o governo do estado indicou a delegada Camila Cecconello, Chefe da Divisão de Homicídios do Paraná para comandar o caso. Em publicações antigas em rede social, Iane fez critica ao PT. "As pessoas têm seus posicionamentos políticos e, eventualmente, os externam, mas isso não deve impedir que exerçam, com responsabilidade, suas funções", afirmou Tiago, sobre a mudança.

Thiago Lisboa afirmou que um segundo inquérito foi instaurado para apurar as agressões sofridas pelo assassino, após ser chutado por três homens depois de baleado.

Jorge Guaranho está internado em estado grave, sedado e entubado, aguardando uma vaga na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Foi decretada a prisão preventiva e ele está sob escolta da Polícia Militar. Se condenado, a pena por homicídio doloso varia de 6 a 12 anos de prisão.

Se ficar caracterizado o crime de ódio, a pena será agravada. As armas de Marcelo e Jorge foram apreendidas e pertencem às respectivas instituições.

Marcelo Arruda, será enterrado às 15h30 no cemitério Jardim São Paulo, em Foz do Iguaçu (PR). 

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

portalnews
sbtnews
brasil
assassinato
petista

Últimas notícias

Homicídios de pessoas LGBTQIA+ cresceram quase 42% em 2023

Homicídios de pessoas LGBTQIA+ cresceram quase 42% em 2023

Casos de estupros também aumentaram mais de 40%; somente em 2023 foram 354 vítimas
Boulos pretende criar "Mais Médicos das especialidades" e defende dobrar efetivo da Guarda Municipal

Boulos pretende criar "Mais Médicos das especialidades" e defende dobrar efetivo da Guarda Municipal

Pré-candidato à prefeitura de São Paulo trouxe planos de campanha pela primeira vez após criação da coligação "Amor Por São Paulo"
Bolsonaro diz que Ramagem "paga preço alto pela ousadia" de querer governar o Rio

Bolsonaro diz que Ramagem "paga preço alto pela ousadia" de querer governar o Rio

Ex-presidente e pré-candidato à prefeitura participaram de ato pré-campanha nesta quinta (18)
Poder Expresso: Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulga dados alarmantes sobre a violência

Poder Expresso: Anuário Brasileiro de Segurança Pública divulga dados alarmantes sobre a violência

Relatório divulgado nesta quinta mostra que, em 2023, foram registrados 83.988 de estupro, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior
Polícia Federal prende dois suspeitos de matar filho de Mãe Bernadete na Bahia

Polícia Federal prende dois suspeitos de matar filho de Mãe Bernadete na Bahia

Operação investiga morte de mãe e filho no quilombo Pitanga dos Palmares
Empresário que atirou cinco vezes contra carro será indiciado por dupla tentativa de homicídio

Empresário que atirou cinco vezes contra carro será indiciado por dupla tentativa de homicídio

Adriano Domingues Costa foi indiciado por dupla tentativa de homicídio, porte de arma de fogo e receptação de pistola usada em crime
Vítima provoca atirador antes de ser baleada e morrer: "Atira, então"

Vítima provoca atirador antes de ser baleada e morrer: "Atira, então"

Câmeras de segurança flagraram toda a ação do suspeito
Polícia do Rio investiga morte de bebê de 2 anos; família é suspeita de maus-tratos

Polícia do Rio investiga morte de bebê de 2 anos; família é suspeita de maus-tratos

Em entrevista ao SBT Rio, a mãe do menino, Aline Julia, negou que o menino tenha morrido após agressão em casa
Justiça Federal determina prisão do ex-diretor da Petrobras Renato Duque

Justiça Federal determina prisão do ex-diretor da Petrobras Renato Duque

Engenheiro deverá ficar 39 anos, dois meses e 20 dias em regime fechado
Vídeo: jovens são flagrados em bar antes de batida que matou motorista de aplicativo em Guarulhos

Vídeo: jovens são flagrados em bar antes de batida que matou motorista de aplicativo em Guarulhos

De acordo com a comanda dos envolvidos, eles compraram três garrafas de bebidas que passaram de R$ 1 mil
Publicidade
Publicidade