Publicidade

Mais da metade dos alunos negros estuda sem biblioteca, quadra esportiva e laboratório no Brasil

Pesquisa comparou a infraestrutura de escolas em que predominam alunos brancos com unidades em que a maioria é de negros

Mais da metade dos alunos negros estuda sem biblioteca, quadra esportiva e laboratório no Brasil
Publicidade

Enquanto 69% das escolas de educação básica com melhor infraestrutura no Brasil contam com alunos majoritariamente brancos, mais da metade das escolas com maioria de alunos negros não possui biblioteca, laboratório de informática e quadra de esportes.

+ Racismo ambiental: entenda termo usado por Anielle Franco para falar sobre chuvas no Rio

Essa é a conclusão de pesquisa realizada pelo Observatório da Branquitude, que analisou dados do Censo Escolar 2021 e do Índice Socioeconômico (INSE, 2021), divulgada nesta terça-feira (16).

O estudo buscou identificar as diferenças das condições estruturais de escolas de ensino básico com pelo menos 60% dos alunos brancos em comparação a unidades com pelo menos 60% dos estudantes negros. A pesquisa analisou quase 30 mil escolas, tanto no ensino público, quanto no privado.

Veja a diferença da infraestrutura das escolas:

Para Carol Canegal, doutora em Ciências Sociais pela PUC-Rio e coordenadora do Observatório, a falta de aspectos de infraestrutura escolar pode interferir negativamente na formação dos estudantes.

"Não contar com biblioteca, laboratório de informática e quadra de esportes pode interferir negativamente no curso de escolarização destes estudantes. No limite, pode vir a acanhar possibilidades de ensino-aprendizagem, formação para o mundo do trabalho, socialização e formação cívica, algumas das missões fundamentais da escola no nosso país, especialmente após Constituição, de 1988, que garante o direito à educação a todos.", afirma Carol Canegal.

Além disso, em 88% das escolas com alunos predominantemente brancos, o nível socioeconômico foi considerado alto. Isso significa que os alunos indicaram que vivem em casas com pelo menos três quartos, três banheiros, além da renda familiar acima de 7 salários mínimos.

Já em 75% das escolas em que a maioria dos estudantes são negros, o índice socioeconômico foi considerado baixo. Os alunos apontaram que residem em casas de até dois quartos, um banheiro e renda familiar mensal entre 1 e 1,5 salário mínimo.

As escolas com mais alunos negros estão presentes nas regiões Sudeste e Sul, enquanto as escolas com mais estudantes negros estão no Sudeste, Nordeste e em alguns estados do Norte.

Para o Observatório, o grande recado desta pesquisa é o de que a raça importa e não se pode desconsiderar essa variável no desenho de políticas públicas, que não só interfere na vida de crianças e adolescentes, mas se entende para as novas gerações de brasileiros.

"Há uma vasta literatura que aponta que a escola é uma instituição importante para quebrar ciclos de reprodução de desigualdades nas trajetórias familiares, produzindo mobilidade social. Por isso, é preciso também mirar políticas públicas para grupos minorizados a fim de produzir igualdade de oportunidades", conclui Carol Canegal.

Publicidade
Publicidade

Assuntos relacionados

Racismo
Escola
Pesquisa
Brasil

Últimas notícias

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Voluntários alertam para diminuição de ajuda humanitária no RS: "Precisamos de mais braços, estamos exaustos"

Quase 50 mil gaúchos permanecem em abrigos no estado; em Porto Alegre, a maior parte dos abrigos são mantidos com doações e o trabalho de voluntários
Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Congresso derruba veto de Lula a trecho do projeto das "saidinhas" de presos

Condenados que cumprem pena em regime semiaberto não podem mais obter autorização para saída temporária do estabelecimento nos casos de visita à família
Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Especialista celebra dados positivos de alfabetização, mas diz que “Brasil está muito atrás” de países desenvolvidos

Professor da UnB lembra que o país segue abaixo da meta de 80% estabelecida pelo Ministério da Educação
Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Operadoras se comprometem a retomar planos de saúde cancelados, após reunião com Lira

Presidente da Câmara disse que decisão foi confirmada pelas empresas Amil e Unimed
Redução do IDH no Brasil: Pnud se preocupa com “custo da inação” em meio às crises

Redução do IDH no Brasil: Pnud se preocupa com “custo da inação” em meio às crises

Catástrofes climáticas e crises sanitárias podem impactar no IDH do país; capacidade da governança de um estado é uma forma de gestão de crise, diz entidade
Dia mundial do hambúrguer: de lanche tímido importado a versão gourmet brasileiríssima

Dia mundial do hambúrguer: de lanche tímido importado a versão gourmet brasileiríssima

Data celebra alimento que, hoje, não é apenas um tipo de refeição, mas parte da identidade gastronômica brasileira
Campeão olímpico Thiago Braz é suspenso por doping e está fora das Olimpíadas

Campeão olímpico Thiago Braz é suspenso por doping e está fora das Olimpíadas

Decisão foi anunciada nesta terça-feira (28) pela World Athletics, entidade máxima do atletismo mundial
Guaíba registra nível mais baixo de água desde início da tragédia no Rio Grande do Sul

Guaíba registra nível mais baixo de água desde início da tragédia no Rio Grande do Sul

Nível do lago estava em 3,72 metros na manhã desta terça-feira (28)
Número de jovens que não trabalham nem estudam aumentou 35% em um ano, mostra pesquisa

Número de jovens que não trabalham nem estudam aumentou 35% em um ano, mostra pesquisa

Segundo CIEE e Ministério do Trabalho, 5,4 milhões de brasileiros de 14 a 24 anos estavam nessa condição no primeiro trimestre de 2024
Relator propõe taxação de compras internacionais de até US$ 50 em 25%

Relator propõe taxação de compras internacionais de até US$ 50 em 25%

Nova versão de texto reduz impacto para “blusinhas”, mas tira imposto zero; projeto deve ser votado na Câmara ainda nesta terça
Publicidade
Publicidade